Sistema de Gestão Integrado

Entenda qual o melhor sistema de gestão para sua empresa

Encontre a solução ideal para o seu negócio

Entenda qual o melhor sistema de gestão para sua empresa

Os sistemas Resulth da ATS acompanham o crescimento das atividades da sua empresa. São sistemas integrados, de rápida implementação, fácil utilização e excelente custo-benefício.

Solicite um orçamento

Encontre a solução ideal para o seu negócio

Entenda qual o melhor sistema de gestão para sua empresa

Agilize e simplifique as operações da sua empresa com as soluções ATS. Elas vão ajudar você nos principais desafios do dia a dia da sua gestão.

Solicite um orçamento
BLOG

Dicas de como montar um hortifruti com qualidade

Tempo de leitura: 5 minutos O setor de alimentos é um dos mais seguros de todo o mercado, afinal, todo consumidor precisa comprar comida constantemente. O setor de legumes, frutas […]
Dicas de como montar um hortifruti com qualidade
Equipe LiveSEO
Equipe LiveSEO
Tempo de leitura: 5 minutos

O setor de alimentos é um dos mais seguros de todo o mercado, afinal, todo consumidor precisa comprar comida constantemente. O setor de legumes, frutas e verduras (também chamado de FLV) tem ótimas performances com custos reduzidos em estrutura . Se você está buscando como montar um hortifruti ou mesmo como montar uma mercearia com FLV, confira as dicas especiais que preparamos!

O que você precisa saber para montar um hortifruti

como montar hortifruti

A margem de lucro de frutas e verduras é muito relativa, porque alimentos sazonais e perecíveis como esses variam de acordo com a estação do ano, a dificuldade de encontrar e também a maneira como foram produzidos – orgânicos, por exemplo têm uma procura grande, mas uma taxa de lucro um pouco mais baixa e um risco maior.

Ainda assim, mesmo com tudo isso a considerar, a busca por FLVs, especialmente os orgânicos, reflete uma mudança importante nos hábitos alimentares dos consumidores, o que demonstra, cada vez mais, a viabilidade e as possibilidades ao se abrir um hortifruti, que costuma render uma taxa de lucros média maior que a dos mercados.

Os mercados grandes praticam um preço fixo e mais baixo que a média, mas também não possuem controle de qualidade tão especializado em frutas e verduras como empresas focadas somente na venda desses produtos.

Isso faz com que, cada vez mais, o público seja fidelizado por quitandas e hortifrutis, tendência que pode ser capitalizada com sucesso para quem está considerando abrir seu próprio negócio.

4 passos para um hortifruti de sucesso

como montar hortifruti

Comida fresca, variada e de procedência. É isso que a maior parte dos consumidores busca e eles estão dispostos a pagar um pouco mais por isso. Enquanto os mercados não são capazes de controlar com cuidado a qualidade, a prevenção de perdas e o desperdício de alimentos, você pode ter tudo isso muito bem organizado, e o diferencial começa aí:

1 – Busque e valorize os fornecedores

Para abrir um hortifruti de sucesso, você precisa fazer uma grande pesquisa de fornecedores. Toda cidade tem ótimas produções familiares e distribuidoras, que muitas vezes produzem orgânicos e praticam valores acessíveis.

Dê prioridade para esse tipo de fornecedor, mas sem perder de vista aqueles itens que têm uma saída grande e constante. Para isso é importante fazer uma boa pesquisa de mercado que identifique a concorrência ao redor, seus preços e itens mais vendidos, assim você começa com alguma segurança até ir definindo melhor suas especialidades e tipos de fornecedores.

Crie uma boa relação com seus fornecedores e se antecipe com os pedidos – dessa forma você pode ir comprando aos poucos para evitar perdas e ir descobrindo quais produtos têm maior rentabilidade. Manter as prateleiras sempre atualizadas causa uma ótima impressão de fartura sem que você precise correr grandes riscos com perdas.

2 – Aposte no ganho para si e para o consumidor

Como as margens do comércio de frutas e legumes varia muito e a perda pode ser grande, é preciso agir estrategicamente e com criatividade. Não tenha receio de negociar, oferecer alguns descontos e arredondar algumas vendas para baixo, afinal, a melhor solução é sempre vender.

Por ter uma procura constante dos consumidores, cultivar essa relação de ganha-ganha no médio-longo prazo vai ser bastante positiva para sua reputação. E, se você trabalha em bairros menores, sua reputação vale muito!

Seja gentil com o público, evite ao máximo os desperdícios, fazendo bons descontos e campanhas promocionais. O desperdício é um problema comum no ramo e quanto menos você desperdiçar, mais positivo é o indicador da condução do seu negócio.

Para aumentar o acesso dos clientes, apostar em uma grande variedade de métodos de pagamento é outra garantia de que você fidelize cada vez mais clientes. Além disso, é mais que essencial ter um sistema de gestão especializado em hortifrutis, visto que a automação não só evita desperdícios, mas também garante o pleno controle sobre o seu negócio.

3 – Invista na estrutura do seu negócio

Um dos temas decorativos mais legais, sustentáveis e baratos é o tema rústico. Em alguns ramos ele acaba fazendo pouco sentido, mas no comércio de frutas e legumes ele tem simplesmente tudo a ver!

As gôndolas no estilo caixotes de madeiras, por exemplo, são baratas e garantem a decoração do seu negócio, pois além de dar um charme, são totalmente funcionais para transportar, receber e guardar.

Além do estilo rústico, um estilo sustentável é outra chave para criar uma identidade cheia de tradição e confiabilidade. E para dar ainda mais credibilidade nessa identidade, ofereça ecobags ao invés de sacolas plásticas – incentive a reciclagem. Você pode até transformar seu empreendimento em um ponto de reciclagem de óleo de cozinha, pilhas e outros tipos de descartes especiais.

O menos é mais em muitos dos casos, mas quando a coisa se refere ao acondicionamento, é essencial climatizar o ambiente e escolher uma boa posição para proteger seus produtos do sol e do calor excessivo.

4 – Tenha um controle impecável do estoque e do caixa

O controle financeiro é essencial em qualquer negócio. Gerir o estoque, perdas e custos, assim como ter análise constante e rigorosa sobre a entrada e saída de cada tipo de mercadoria é primordial para o seu hortifruti, ainda que no começo.

Como seus produtos são vendidos por peso na maioria das vezes, o controle fica muito mais delicado, assim como medir o sucesso de vendas não se baseia apenas no volume de dinheiro arrecadado em cada um, mas sim na constância.

Além disso, existe uma necessidade grande de medir o lucro do mesmo produto em diferentes momentos do ano, ou seja, o controle diversificado e customizável vai ser tudo em seu negócio!

Por isso, é só com um sistema integrado de gestão especializado no ramo de hortifruti que você vai ser capaz de guardar e analisar tantos dados e variáveis de maneira objetiva e tática, podendo integrar desde o recebimento até o fechamento de caixa.

Isso vai ser essencial para desenhar um modelo cada vez mais conectado com o público e dar aquela segurança ao fazer novos investimentos.

O blog da ATS é um ambiente voltado para quem quer empreender com qualidade, segurança e performance e aqui você encontra uma série de dicas valiosas para ganhar cada dia mais experiência com seu negócio! Até a próxima!

COMUNIDADE ATS

Junte-se a mais de 25 mil profissionais de PMEs

Receba dicas e materiais exclusivos para melhorar a gestão de PMEs. Faça parte da comunidade.