Sistema de Gestão Integrado

Entenda qual o melhor sistema de gestão para sua empresa

Encontre a solução ideal para o seu negócio

Entenda qual o melhor sistema de gestão para sua empresa

Os sistemas Resulth da ATS acompanham o crescimento das atividades da sua empresa. São sistemas integrados, de rápida implementação, fácil utilização e excelente custo-benefício.

Solicite um orçamento

Encontre a solução ideal para o seu negócio

Entenda qual o melhor sistema de gestão para sua empresa

Agilize e simplifique as operações da sua empresa com as soluções ATS. Elas vão ajudar você nos principais desafios do dia a dia da sua gestão.

Solicite um orçamento
BLOG

Guia eficiente para seu negócio: a importância da gestão fiscal e tributária

Tempo de leitura: 4 minutos Embora a gestão fiscal seja uma demanda presente na rotina de qualquer empresa, uma parte considerável dos empresários ainda pecam nesse quesito. Além das formalidades […]
Guia eficiente para seu negócio: a importância da gestão fiscal e tributária
Equipe LiveSEO
Equipe LiveSEO
Tempo de leitura: 4 minutos

Embora a gestão fiscal seja uma demanda presente na rotina de qualquer empresa, uma parte considerável dos empresários ainda pecam nesse quesito. Além das formalidades e burocracia ter eficiência nesse nível da gestão proporciona muito mais alinhamento e saúde para o seu negócio. 

Àqueles que não possuem um olhar integrado da sua empresa podem encontrar dificuldade ao lidar com a gestão fiscal, esse é o seu caso? Se sim, fique tranquilo. Nesse post nós descomplicamos esse assunto e te apresentamos o quão fundamental é ser ativo nesse tema.

Um gerenciador habilidoso sabe como usar esses dados de uma maneira valiosa que contribui precisamente nas tomadas de decisão da empresa. Por tanto, fique atento: um dos primeiros passos dessa jornada é definir o Regime Tributário, é nesse momento que será escolhido o que mais se encaixa à sua empresa. 

Lucro Real, Presumido ou Simples Nacional? Essa decisão será tomada baseada em uma série de fatores organizacionais e um deles é a redução de impacto dos tributos da empresa.  

O que eu preciso saber sobre gestão fiscal? 

A gestão fiscal ou tributária precisa ser usada como prevenção e é aqui que muitos empresários se perdem, começam a se preocupar com ela somente anos após o surgimento da empresa, em suma, quando ela está em ascensão. 

Desse modo, você pode comprometer o seu empreendimento em diversos âmbitos. Mas seja você um comerciante de anos que só agora percebeu a urgência de tratar desse ponto ou alguém que está iniciando e deseja começar com tudo em dia, o importante é tomar ciência do fato e dar a ele a devida importância. 

 E então, vamos lá? 

Afinal, o que é Gestão Fiscal? 

A gestão fiscal nada mais é do que o cumprimento das exigências da legislação tributária. Isso envolve o cumprimento das obrigações tributárias e acessórios, você conhece esses termos? 

O processo de emissão de documentos fiscais, entrega de declarações, escrituração fiscal e o cumprimento de obrigações tributárias, ou seja, pagamento de tributos são respectivamente as funções dessas denominações. 

Entenda os dois grupos que acoplam esses termos:

Obrigações acessórias

  • Diz respeito a emissão de notas fiscais, escrituras dos documentos, entrega de declarações… Toda a papelada que o Fisco exige. 

Obrigação principal

  • Apuração e pagamentos de tributos, taxas, impostos, contribuições… Notou a diferença? 

Ou seja, uma vez que escolhido o Regime de Tributação, deve-se partir para análise dos benefícios de créditos fiscais, coisas como onde serão usados e como diminuir o impacto dos tributos são importantíssimos num país onde os impostos são tão altos.

Esse alinhamento proporciona medidas decisivas para manter a saúde financeira da empresa e prevenir autuações ou até mesmo danos graves, como a abertura de falência.

Sabemos que um dos maiores problemas, se não o maior, que você empresário enfrenta no país é a elevação dos tributos.  Se considerarmos que na legislação brasileira as operações são todas tributadas incluímos então venda, lucro e renda, percebe que torna-se um processo cada vez mais complexo para um gestor administrar sozinho?

Isso torna extremamente necessário que você estabeleça uma equipe sólida para cuidar desse assunto e garanta um excelente sistema de gestão.  Agora descubra como manter uma gestão fiscal eficiente com  4 dicas.

4 dicas para manter a gestão fiscal em funcionamento:

Planeje

Não ignore o planejamento tributário. Prevenir e antecipar o maior número de acontecimentos possíveis pode ajudar e muito na elaboração de soluções viáveis para o seu negócio.

Pague os tributos da empresa exatamente conforme pedem os órgãos fiscais, sem dúvidas com essa organização interna você estará um passo à frente!

Registre

Um registro aprimorado reduz as chances de tomada de decisões errôneas, tornando a gestão mais fluida e condizente com o planejamento estratégico traçado. 

Nesse caso estamos falando de projeções reais ao analisar os dados atuais relacionando-os com um planejamento que já existe.

Faça auditorias

Por incluir processos complexos é necessário a realização periódica de auditorias internas. Dessa forma se avalia a eficácia e qualidade dos processos fiscais e ainda serve como um excelente identificador de falhas.

Uma auditoria proporciona uma análise concreta se as práticas da empresa estão realmente gerando os resultados que se deve e ao término das auditorias o gestor consegue ter em mãos sugestões e documentos voltados de aperfeiçoamento dos processos. Tornando-os bem menos onerosos. 

Automatize a sua gestão

Preste bastante atenção a esse tópico pois é um dos mais relevantes. Se não existe uma automatização os planejamentos e dados ficam muito mais distantes, afinal, esses sistemas de gestão possuem informações muito precisas livrando a empresa de falhas humanas.

Além da precisão, poupar tempo do empresário, da equipe e do gestor, uma vez que podem se concentrar em outros processos e atividades da empresa ou até mesmo na gestão fiscal ao invés de focar em números e contas manuais e dificultosas. 

Opte por um sistema sério, completo e de qualidade e em pouco tempo colherá resultados significativos. 

Essas dicas te ajudaram

A verdade é que para um processo seguro de decisões acontecer ele precisa estar pautado em informações confiáveis que acoplem toda a realidade do negócio. O processamento de dados retirados das notas fiscais dão aos gestores informações necessárias para se decidir sobre investimentos, orçamentos, despesas e uma série de ações. 

É sempre mais seguro quando se sabe quanto entra e para onde vai todo o seu dinheiro, não é mesmo? 

Agora que você está craque em gestão fiscal e como isso pode otimizar a sua empresa e em alguns casos até salvá-la de gargalos financeiros não deixe de investir uma equipe competente e focada, esteja sempre por dentro e invista em um serviço de automação. Esses passos são fundamentais!  

E para ficar ainda mais por dentro de assuntos que vão manter a sua empresa lá em cima, com saúde e boa gestão acompanhe o Blog da Ats Informática e ainda confira o e-book gratuito sobre gestão financeira! Até mais!

COMUNIDADE ATS

Junte-se a mais de 25 mil profissionais de PMEs

Receba dicas e materiais exclusivos para melhorar a gestão de PMEs. Faça parte da comunidade.