Entenda a importância do fluxo de caixa no dia a dia da empresa

Entenda a importância do fluxo de caixa no dia a dia da empresa

02/03/2015

Ferramenta útil para gestão financeira das empresas, o Fluxo de Caixa proporciona uma visão futura dos recursos financeiros. Nenhuma empresa de sucesso surge do nada. O denominador comum dos negócios que despontaram é o planejamento. Um bom administrador trabalha com o que tem no presente, aprendendo com os erros do passado e alicerçando um sólido e próspero futuro. Daí a necessidade do Fluxo de Caixa — um gerenciamento das entradas e saídas de dinheiro, mantendo sempre um controle sobre o saldo por vir. Confira o nosso post de hoje para entender mais profundamente a importância desse controle diário na saúde financeira dos negócios!

As particularidades de cada setor

São diversas as categorias de gastos dentro de uma empresa e as formas de recebimento também variam muito. Todo movimento deve ser devidamente calculado para que o equilíbrio nas contas não seja prejudicado. Os administradores devem classificar as despesas e os créditos de acordo com suas particularidades: salário de pessoal, custo de produção, recebíveis parcelados, entre tantas outras possibilidades. Assim, quando o fluxo econômico da empresa está devidamente catalogado, é possível fazer estimativas em relação às finanças e começar um planejamento de qualidade.

Panorama geral

De forma geral, tudo irá se resumir em Saldo Atual, que é a quantidade em caixa no presente; Entradas, referente ao que existe por receber; Saídas, que são os gastos programados; e o Saldo Futuro, obtido pela diferença entre as entradas e saídas, somada ao saldo atual. Esse é um Fluxo de Caixa básico, mas dá uma noção do tipo de trabalho a ser feito.

É importante ter disciplina

Claro que o Fluxo de Caixa não será, por si só, o protagonista do êxito de uma empresa. É uma ferramenta valiosa. Porém, assim como um carro não vence uma corrida sem um bom piloto, um negócio não cresce sem um empresário com boa estratégia. A disciplina do administrador é a parte mais importante no gerenciamento das contas. As despesas e as entradas devem ser rigorosamente controladas e registradas para que o futuro previsto seja um futuro real. De nada vale tratar esse controle financeiro displicentemente; o resultado será um descontrole. Então, foco na disciplina!

Planta-se planejamento, colhe-se sucesso

Não se pode iludir: os resultados não vão melhorar da noite para o dia. Mas melhorarão, e isso dependerá de trabalho duro e contínuo. Com as contas organizadas e uma estimativa em mãos, a criatividade do empresário entra em cena. Onde melhorar? Por que determinado setor está gerando prejuízo? Como aperfeiçoar a produção? Questionar o próprio trabalho é uma das maneiras mais eficazes de crescer. A autocrítica deve ser sempre a primeira crítica!

É hora de colocar as mãos na massa!

Entendida a importância do Fluxo de Caixa, chega o momento de aplicá-lo. Existem muitas formas de fazê-lo: planilhas, registros manuscritos, gerenciadores específicos. Para lhe auxiliar, existem sistemas de gestão especialmente feitos para cada necessidade. É uma ótima oportunidade de unir o útil ao agradável. Com tudo organizado, o presente da empresa estará saudável e o futuro bem estruturado. Sabendo quanto entrará e quanto sairá, é possível criar predições de negócios e encontrar o momento certo para investir, economizar ou expandir. “Nada de grande se cria de repente”, disse Epíteto. Isso se aplica a tudo. Com um sólido Fluxo de Caixa, dá-se o primeiro passo para a grandeza! Ainda tem dúvidas disso? Não hesite em deixar um comentário!