download film indonesia gratis Conheça as vantagens do Omni-Channel | ATS Informática
Conheça as vantagens do Omni-Channel

Conheça as vantagens do Omni-Channel

27/03/2015

Novas estratégias e formas de venda são criadas e aperfeiçoadas constantemente, sempre com a finalidade de simplificar seu processo e facilitar a busca do consumidor, resultando, obviamente, no crescimento dos lucros. Dentre essas estratégias, encontra-se o Omni Channel, que ganhou o conceito de ser o futuro do varejo devido sua integração de todos os meios de venda possíveis. Neste post você descobrirá como essa integração funciona, bem como o que um Omni-Channel deve ter e fazer para melhor eficiência de seu trabalho, fazendo jus ao título promissor que recebeu. Confira!

Novas necessidades, novas alternativas

Esta integração se presta a facilitar o acesso do cliente ao produto desejado, proporcionando todas as comodidades que gostaria de ter no momento da compra. Apesar de o número de compras no comércio eletrônico ainda ser bem menor do que nas lojas físicas, a visita aos sites influencia bastante ao consumidor na hora de adquirir um produto ou realizar a troca do mesmo. Apesar do crescimento do e-commerce nos últimos anos ser algo bastante significativo, a ideia não é de uma substituição dos meios tradicionais pelos tecnológicos, mas sim de uma integração, tendo em vista que as lojas físicas são um meio que estão longe de deixar de fazer parte do dia a dia dos consumidores.

A integração das possibilidades

A criação do conceito de Omni Channel passa pela realidade do consumidor que navega e faz compras através da web, mas também que vai ao shopping para adquirir algo que ele tenha visto ali no local, ou mesmo um produto que ele tenha visto no site mas, por algum motivo, preferiu comprá-lo in loco. Este é o chamado consumidor “Cross Channel”. Do armazém às redes sociais, este novo conceito permite que o cliente tenha integração total com as marcas que ele prefere. Esse conceito permite que o cliente pesquise nas lojas físicas, compre na loja virtual, e faça a troca pessoalmente se caso desejar. Um case de sucesso que tornou a compra mais estimulante ao consumidor foi a loja de esportes Centauro, que investiu no Omni Channel e tem colhido excelentes resultados.

A questão do consumidor

Apesar de ser uma tendência cada vez maior, o desafio das empresas que investem em Omni Channel é praticar uma sinergia entre os meios e o consumidor, que por sinal está mais exigente e bem informado a cada dia. A maior parte das conversões em venda é feita após uma pesquisa feita para se obter as melhores condições de compra. Esse é um dos grandes motivos para que a preocupação com o “Cross Channel” seja constante, pois o comprador já não se importa mais tanto com determinada loja preferida, mas sim com a que irá proporcionar a experiência de compra que ele considera mais próxima do ideal. O resultado do investimento em novos meios de marketing cria uma clientela qualificada e, possivelmente, fiel. A empresa de consultoria Deloitte, através de uma pesquisa, constatou que o consumidor cross channel gasta 82% mais em compras do que o cliente tradicional.

O Omni Channel também na plataforma mobile

É sabido que ter várias plataformas de comercialização não é o suficiente. A intenção é de integração total dos meios para que o cliente se identifique cada vez mais com a marca, gerando novas conversões e bons comentários. Seguindo este viés, a tecnologia mobile pode ser de grande auxílio. Como os tablets e smartphones estão a todo instante nas mãos de potenciais compradores, a qualquer momento ele pode ter um primeiro contato com determinada marca ou se interessar por algum produto apresentado, o que faz gerar ainda mais tráfego para as lojas físicas e para os sites e e-commerce. Os empreendimentos que investem nesta nova tecnologia possuem muito mais chances de fidelizarem clientes e gerarem mais engajamentos em um mundo que pensa de forma imediatista, integrada, e exige muito mais das experiências, sejam elas quais forem. O que você acha dessa integração? Já conhecia essa nova prática ou conseguiu relacionar essa nomeclatura à alguns sites que você já visitava? Compartilhe sua opinião, sugestão ou dúvida sobre a temática conosco deixando seu comentário. Participe da conversa!