Vender não é só vocação: saiba como influenciar na performance da equipe

Vender não é só vocação: saiba como influenciar na performance da equipe

15/12/2017

Ter aquele feeling para vender é importante, mas não o bastante. A técnica faz toda a diferença na atuação de um profissional completo. Se você quer ter uma equipe de vendas afiada e motivada, acompanhe algumas das dicas de Nelson Ribeiro, gerente Comercial da ATS com mais de 16 anos de experiência em Soluções e Tecnologias no Brasil e Espanha. O profissional realizou um bate-papo online, e o resultado você confere agora.

A palestra completa está aqui: https://www.youtube.com/watch?v=0derPA35oeo&t=2s

CENTENNIALS

As empresas precisam estar preparadas para atender as necessidades de um novo tipo de cliente: os centennials, geração que veio depois dos milennials. São pessoas com idade entre 17 e 21 anos. Eles trabalham para sobreviver e não para enriquecer, mais realistas, envolvidos com tecnologia e tolerantes à diferenças. Essa agilidade pode ser positiva do lado de dentro da empresa. Seus conhecimentos são obtidos com dois ou três cliques, por isso, são bons para tornar mais fluidos os processos internos da empresa.

CONHECENDO O TIME

É fundamental para um líder detectar e entender os perfis das pessoas que trabalham no time. Uns são mais emotivos, outros mais prestativos, ainda há os rabugentos que, apesar disso, entendem muito sobre o negócio. Existem também dois tipos vendedores: os farms (fazendeiros) e os hunters (caçadores). O hunter é aquele que age rápido, faz muitas vendas e tem foco em ganhar comissão. No entanto, ele não se preocupa muito com o pós venda e em fidelizar o cliente. O farmer é aquele que cultiva a venda, que constrói um relacionamento mais duradouro com o cliente. No entanto, esse perfil não é agressivo em vendas e não garante resultados rápidos. Qual é o melhor? Cada um deles tem pontos fortes e fracos. O ideal para uma empresa é ter ambos para conciliar um balanço de atividades. O gestor precisa achar um equilíbrio e treinar os vendedores. Por isso, mantenha-os motivados, compartilhe os resultados e números, envolva-os no processo.  

PREPARANDO TERRENO

Criar ritmo e entender as necessidades do projeto leva tempo. Mudanças de mentalidade não são feitas de um dia para o outro. É como a Alemanha, que com o passar dos anos, foi tomando cuidados com treinamento, investindo na categoria de base, até se tornar uma potência do futebol. Também é importante preparar o terreno adequado. Sua loja tem wi-fi? Os uniforme dos funcionários são confortáveis e dentro dos padrões de moda? Tem uma boa iluminação? Sem dúvida, o cliente nota a diferença. A organização dos produtos conta bastante. Como deve ser a experiência do consumidor ao usar este serviço? Como deve ser a experiência do funcionário ao prestar este serviço? Como uma empresa se mantém fiel à sua missão e se mantém relevante para o consumidor, ao mesmo tempo? Antes de cobrar dos funcionários, todos esses pontos devem estar bem definidos e cumpridos.

TENHA UM BOM SISTEMA DE GESTÃO

Mais uma vez, destaca-se a organização e as vantagens de um software de gestão para acompanhar com mais precisão as informações da sua empresa, como custos, mercadoria em estoque, análise de vendas. Você pode contar com a ATS sempre que precisar!