download film indonesia gratis Principais diferenças e vantagens entre modelos ERP e SaaS | ATS Informática
Saiba as principais diferenças e vantagens competitivas dos modelos ERP e SaaS

Saiba as principais diferenças e vantagens competitivas dos modelos ERP e SaaS

11/05/2015

A gestão de uma pequena ou média empresa demanda um trabalho dedicado. Com a evolução dos sistemas e aplicativos, existem possibilidades que integram e facilitam o gerenciamento dos negócios. São exemplos o ERP — Enterprise Resource Planning — e o SaaS — Software as a Service. Tudo bem, e o que isso quer dizer? Para que serve? É o que vamos explicar. O ERP é um serviço de gestão dos recursos empresariais. Ou seja, softwares dedicados ao controle das operações em uma empresa. Uma confusão comum é pensar que o modelo ERP é um daqueles softwares administrativos que usamos em escritório — não é esse o caso. A peculiaridade do ERP é que ele integra todos os setores da empresa, gerando um gerenciamento de todos os módulos ao mesmo tempo, garantindo uma comunicação ampla entre as diversas frentes de serviço existentes numa PME. O SaaS, por sua vez, é um tipo de serviço em que o acesso é feito diretamente pela internet. Ou seja: o empresário não precisa ter nenhum programa rodando em seus computadores, e sim uma licença para acessar seu gerenciador que é feito por um fornecedor deste tipo de produto. Através da internet ele acessa os servidores do fornecedor e gerencia suas atividades. Claro que isso diminui os custos — principalmente com software. Explicado o que é cada um, quais são suas diferenças e vantagens específicas?

O ERP é feito sob medida para sua necessidade

Uma das peculiaridades do ERP é que ele não é genérico. É feito de acordo com as necessidades da sua empresa e leva em conta as particularidades de cada negócio. Dessa forma o gerenciamento servirá bem à sua realidade.

O SaaS garante um menor preço — aliado à simplicidade

Sendo um serviço na nuvem, o SaaS alia praticidade a economia. Porém, sua área de ação é mais limitada. Principalmente se já existe outro sistema de gerenciamento em sua empresa, pois isso demandará um tempo e um custo maior para integrar esses dois modelos. Seu acesso é facilitado, mas um problema no fornecedor pode deixá-lo de mãos atadas.

Uma empresa integrada evita intempéries

Quando se conta com um modelo como o ERP, desde o vendedor até o gerente de produção têm acesso às mesmas informações diretamente de fonte segura. Essa integração garante maior dinâmica nos negócios, facilitando a criação de projetos e de planos de ação. A falta de comunicação é a principal causa dos contratempos em quase todos os casos — um bom ERP diminui o problema.

Rapidez X personalização

Como tudo na internet, o SaaS prima pela agilidade. É um sistema que geralmente se implanta mais rápido e tem possibilidades de adaptação maiores. Isso implica que, no longo prazo, custarão maiores intervenções para modelar o sistema às necessidades da empresa. Os dois modelos são avanços importantes na administração de PMEs. Os ERPs têm evoluído e hoje é possível encontrar esses sistemas também baseados na nuvem, diminuindo os custos com a parte material e aperfeiçoando o acesso. É como se o administrador pudesse enxergar todo o funcionamento de sua empresa de uma só vez. A implantação de um modelo ERP ou SaaS depende das particularidades de cada empresa. Uma boa pesquisa certamente renderá bons frutos! Esperamos que este guia possa ter elucidado algumas questões acerca dos modelos de gerenciamento e, caso ainda existam dúvidas, deixe seu comentário e ajudaremos com prazer!