download film indonesia gratis A importância da gestão de pessoas em pequenas empresas | ATS Informática
Conheça a importância da gestão de pessoas em pequenas empresas

Conheça a importância da gestão de pessoas em pequenas empresas

20/07/2015

A gestão de pessoas impacta diretamente na competitividade de uma empresa. Fazer com que as pessoas no ambiente de trabalho se desenvolvam, reter e atrair talentos, reduzir o turn over de forma a criar uma sinergia funcional no ambiente de trabalho, de forma que os colaboradores se mantenham satisfeitos e motivados é um grande desafio que as pequenas empresas passam. E no post de hoje, o blog Práticas de Gestão falará um pouco a respeito deste assunto e te apresentará a importância da gestão de pessoas em pequenas empresas.

Falta de recursos financeiros

Na maioria dos casos, a ausência de recursos financeiros é um estigma recorrente nos pequenos empreendimentos. A quantidade de funcionários geralmente não é vista como algo a ser investido, mas sim como um alto custo que deve ser evitado ao máximo. Isso acaba trazendo um resultado perigoso, se observando que um dos fatores dos que mais comprometem a produtividade de um negócio é a motivação de um colaborador, que acaba se sentindo mal em realizar um grande número de tarefas com uma remuneração insuficiente para tal finalidade. Mas isso é algo que pode ser modificado, como veremos a seguir.

Uma questão de suma importância

Como dito antes, da mesma forma que uma grande empresa trabalha, o pequeno empreendimento também possui em seu corpo de colaboradores o diferencial para que o negócio possa ser bem-sucedido. Mas acontece que no caso das pequenas empresas, o capital não é tão disponível quanto nas grandes corporações, e é aí que entra a gestão de pessoas. Ações devem ser pensadas de forma a manter o colaborador motivado, com a autoestima em dia, de forma que ele vista a camisa da empresa e os talentos fiquem ali retidos. Não ter o capital necessário para que seja investido em um setor completo de gestão de pessoal não pode servir como desculpas para que nenhuma atitude seja tomada, tendo em vista que o empreendimento que conta com pelo menos uma pessoa responsável por gerir a questão do bem estar dos colaboradores, já oferece um conforto, boas perspectivas para o colaborador que está entrando na empresa, e um novo horizonte para quem já trabalha no local a mais tempo.

Os benefícios

Ser eficiente na gestão de pessoas, em pouco tempo demonstra resultados a olhos vistos, bastando uma melhor observação no comportamento dos colaboradores. O clima no ambiente de trabalho melhora consideravelmente, mitigando problemas com diferenças salariais e benefícios, assim como auxilia na retenção dos talentos dentro do empreendimento. Um departamento de gestão de pessoas que trabalha e acompanha de perto o desenvolvimento dos colaboradores, permite com que a capacidade e as necessidades destes sejam melhores observadas e respondidas, tornando assim a marca mais competitiva em função de um maior engajamento de todos. Outro ponto positivo é que quando os funcionários passam a trabalhar em um ambiente em que eles gostem de trabalhar, e se sentem parte de todo o processo de uma forma geral, as ausências por doença caem consideravelmente, e a participação com sugestões aumenta de forma satisfatória. Outro ponto a ser ressaltado, é a receptividade aos feedbacks que também se tornam um ponto de apoio ao colaborador, e deixa de ser visto como uma maneira de “punição”. E seu empreendimento já conta com uma política de gestão eficiente de funcionários? Compartilhe conosco suas experiências e dúvidas quanto ao assunto aproveitando os comentários!